Semanalmente os  melhores métodos, ferramentas e técnicas 
para conseguir alcançar TODO SEU POTENCIAL.
Acompanhe AQUI nossos artigos!

Receba em
PRIMEIRA MÃO
nossos artigos e
muitas novidades.
CADASTRE-SE!

Respeitamos sua privacidade, NUNCA enviamos spam!

Dentro ou fora da caixa… Onde você está?

11/08/2018

ENTENDA O QUE É ESTAR DENTRO DA CAIXA!

A ciência representa a atividade humana em que se busca cegamente a verdade, uma verdade técnica (uma verdade mensurada e reproduzível) em qualquer parte da terra.

Na filosofia, mãe de todas as ciências, a verdade é uma coisa passageira, abstrata, temporária, praticamente não existe. Na ciência, a verdade é a obtida com os meios de hoje.

Na dinâmica da ciência da vida, a verdade necessariamente é mutável e neste momento tem-se uma verdade que vale, mas amanhã poderá ser diferente.

A ciência foi, é se será muito importante, mas ficar cegamente refém dela é talvez não aceitar e permitir a complexidade de não se ter todas as respostas.

Eu respeito a sua forma de pensar, abaixo segue a minha forma como vejo o mundo e não necessariamente tem que concordar ou aceitar, deixe fluir e perceba qual aprendizado você pode tirar desse texto.

A ciência técnica, confiada por muitos, aceito como a única verdade e esperada para ter a permissão do direito de se mover. Onde a ciência técnica tem que se apegar em teorias antigas, históricas para “provar” algo.  Mas o que muitos não sabem que a maioria dessas teorias no qual a ciência se apega como a única aceitação, foi apenas uma luz de pensamento de uma pessoa, onde várias dessas teorias já foram quebradas ou nunca se foi comprovada. Mas ainda nos prendemos a essas raízes. E eu me pergunto, por qual motivo? Queremos defender e honrar o que? Até que ponto essa forma fechada de pensar contribui para minha evolução e para o mundo?

E toda essa geração e os meios científicos, que ditam as regras (Crenças) que julgam o que você pode acreditar ou não, o que eles falam o que é melhor para você ou não, sobre o que você pode pensar ou não, para onde você pode se mover ou não. Está preso ainda na Teoria do DETERMINISMO.

O que é a Teoria do Determinismo?

O Determinismo é talvez um dos maiores atrasos e responsável por essa involução do ser humano, no qual nos colocou “dentro da caixa”. Criado por Freud, o determinismo diz que você não tem o livre arbítrio de suas escolhas, no qual o efeito já foi pré DETERMINADO pela causa. Essa forma absurda de pensar imposta por Freud, se virilizou pelo fato de ter tirado a responsabilidade sobre os seus atos, onde tudo se tornou uma desculpa, “Sou assim porque meu pai foi assim”; “Tenho pensamentos negativos, porque minha vida foi muito sofrida ”; ” Me sinto inferior, por causa do trauma que tive na escola”, “Meu filho tem déficit de atenção e hiperatividade, coitado, vai ter que tomar remédio para a vida inteira, porque o médico disse”.

O determinismo veio a calhar para os civis, pois é muito mais fácil assumir essa crença que somos assim, que fazemos isso por causa daquilo, do que assumir a responsabilidade de seus próprios atos, do que assumirmos a responsabilidade que nós podemos fazer diferente na próxima vez para que o resultado seja diferente.

O determinismo veio a calhar para algumas religiões, pois dessa forma tiram a responsabilidade de ação da esperança das pessoas, assim ficando refém dos dogmas como sendo a única esperança.

O determinismo veio a calhar com a máfia capitalista, onde conseguem comandar e tem o direto sobre os pensamentos, emoções e ações da população, sendo marionetes para o consumismo.

Ex. É a máfia farmacêutica, onde usam o determinismo para controlar profissões da saúde (autoridades) que tem poderes para salvar vidas como a Medicina, dessa forma os médicos só têm o direito de salvar a vida se for cientificamente comprovado um determinado remédio. Na teoria qual seria a razão de se comprovar cientificamente? Na inocência, talvez ter a segurança do paciente, em respeito à vida, concorda?

Mas, mesmo com todos os medicamentos e conhecimentos cientificamente comprovados, o paciente ainda vai morrer, pois quantas vezes já escutamos em vários casos “não há mais nada o que fazer…”  O porquê fica sem ação de tentar algo diferente e novo? Só porque esse diferente e novo não foi cientificamente comprovado? Uai…, mas a missão maior não é salvar vidas?

Dessa forma a máfia farmacêutica, consegue usar todas as autoridades para que só tenham o poder de ação com medicamentos cientificamente comprovados… sabe porquê? Porque só esses medicamentos comprovados cientificamente são permitidos serem produzidos por eles… Dessa forma vai gerar receita ou seja, A VIDA SÓ TEM VALOR A SER SALVA, SE ESSE PROCESSO GERAR RECEITA.

Da mesma forma são as nossas leis que tem as suas autoridades, advogados, juízes e promotores, defendendo o que dizem ser o certo determinado pelas leis? Afinal…realmente o que é justo? o que é o certo? Qual o interesse das leis?

Também expressado em meu artigo passado, referente ao Câncer, como também a teoria da metástase.

Estamos fazendo certo?

Será que desde a pré-escola doutrinar nossas crianças a seguirem a suposta verdade inconscientemente embasada no determinismo e interesses desse mundo, estamos fazendo o certo? Fazer com que a criança se desconecte de sua essência para viver o que achamos que é o certo, o que julgamos como ela tem que pensar e fazer para ser aceita por esse mundo capitalista, é o certo?

Resumindo…

O Determinismo, faz com que sejamos neuróticos em ficar procurando explicação pragmática para tudo, tentando correlacionar causa e efeito, onde é necessário para tirarmos o peso da responsabilidade dos efeitos (comportamentos) sobre nós.

RESPONSABILIDADE (Resposta + habilidade), quando acontece um interferência externa nós seres humanos temos a habilidade de escolher a resposta.

Essa habilidade de escolha é possível pelas referências de aprendizados de experiências vividas do passado, que só é possível por sermos seres pensantes.

O que acontece quando somos neuróticos é que ficamos querendo escolher uma resposta no qual seja cientificamente comprovada (pelos outros) externamente, ao invés de usar nossa habilidade de aprendizado referente as nossas experiências internas, talvez chamada de intuição.

Quando esperamos para escolhermos por melhores respostas do mundo externo, a probabilidade de frustração é muito maior, pois ajustamos nossas referencias de expectativas internas além de nossa possiblidade de entender ou compreender, pois nossas experiências não viveram esse aprendizado ainda.

Naturalmente nós nos fechamos cada vez mais, com um senso crítico cada vez maior, onde julgamos as escolhas cada vez mais, pois é natural o medo da responsabilidade de ajustarmos a nossa expectativa a uma escolha no qual não temos referência de experiência, pois estamos baseando nossa escolha apenas nas referências do mundo externo.

Confiar na nossa intuição, é confiar em nossas experiências internas, com consciência que está fazendo a melhor escolha apenas com a referência com o que você sabe. Ou seja, nesse contexto ter a confiança em apenas a nossas experiências vividas, é ficar vulnerável a viver o mundo novo com a consciência de que nem tudo você sabe, pois não viveu tudo. Assim quando passar por algo novo, não se permitirá ficar frustrado, pois aquela experiência é nova e em uma nova oportunidade terá a possibilidade de fazer escolhas diferentes, pois é apenas um processo natural de aprendizagem.

Essa confiança em si mesmo de suas experiências no qual não tem nada a ver com a autoestima é o que uma criança ingênua vive, portanto podemos aprender muito com elas, pois um bebê aprendendo a andar, cai e ao mesmo tempo se levanta dando risada e vai tentar de novo e de novo, até aprender a andar sempre o sorriso para a vida.

aprender a andar

Aqui fica a minha mensagem… Resgate aquela criança dentro de você, confie em suas experiências, em sua intuição o resto é aprendizado.

Ser criança é deixar a neurose de lado, de achar explicação cientifica para ter a permissão de pensar e agir livremente. A liberdade de pensar e agir, todos nós temos, a vida passa rápido e ela só vale quando é vivida.

Deixa sua criatividade, deixe seus pensamentos viajarem, confie na resposta que seu mundo lúdico te envia, dê um passo para traz e perceba que toda a manada está indo para a esquerda, e se pergunte se você realmente quer ir para lá ou se apenas está indo porque todos estão indo. Se dê a oportunidade de pensar diferente, de fazer diferente.


LINEO-insight-desenvolvimento-humano

LINEO CARVALHO

Empreendedor, sócio fundador da Insight Desenvolvimento Humano, empresa que acredita na transformação de vidas...

Continue lendo »

andrea-insight-desenvolvimento-humano-150x150-square

ANDRÉA CARVALHO

Empresária e mãe, sócia da Insight Desenvolvimento Humano, com Formações Internacionais em Coaching Integrativo Sistêmico e Coaching Quântico...

Continue lendo »

Buscar no Blog

Receba em
PRIMEIRA MÃO
nossos artigos e
muitas novidades.
CADASTRE-SE!

Respeitamos sua privacidade, NUNCA enviamos spam!

logo-insight-desenvolvimento-humano-site001

:: Copyright © 2018 Insight Desenvolvimento Humano :: Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por:  WT Agile Marketing